i
(11) 4702-4838
mauriciobastos@espacointegracao.com.br
pt Portuguese
pt Portuguese
Stress ou Relaxamento?

Stress ou Relaxamento?

por Mauricio Bastos

Tanto se fala em stress, pouco se fala em relaxamento.
Stress tem direta conexão com o estado de tensão.

O que tem acontecido com o homem moderno é que a tensão,
tornou-se crônica e não momentânea.

Este estado de fuga ou luta virou permanente!
Cada vez mais obrigações, atividades, compromissos, metas, projetos….

Neste estado de tensão crônica “para chegar lá”, você esquece que existe “um aqui e um agora.”

O stress permanente simboliza pressa, dúvida, medo, desejo.
Significa  preparar-se para viver o amanhã ou recuperar o passado que não foi vivido.

No stress, o organismo responde com cortisol e adrenalina e tende a perder a habilidade natural para reconhecer as próprias verdades. As respostas são automatizadas e robotizadas gerando mais stress!

Por outro lado, o relaxamento está ligado à desaceleração, à
diminuição da velocidade e atuar com consciência nas atividades básicas: comer, andar, respirar, falar, ler, entre outros.

Ao relaxar, o organismo responde com endorfina – hormônio ligado ao prazer.

Quanto mais relaxado, melhor a capacidade para fazer escolhas, e mais consciência para perceberas verdadeiras necessidades do corpo e da mente.

Aprender a relaxar é aprender a confiar, desacelerar a mente e o corpo.
Confiar no fluxo da vida, em sua impermanência.

Relaxamento é aceitação, entrega sem expectativas.

O relaxamento é uma pré-condição à meditação pois possibilita trazer melhor qualidade de presença.

Sair do controle, mas permanecer consciente.

Esta “atitude” desenvolve um contato mais íntimo consigo próprio.

Perguntinha: Como você está lendo este texto? Está com pressa?

3 Comments

  • by Leandro Posted 5 de junho de 2015 22:25

    Boa tarde.
    rsrsrsrs. Começo a frase com risos porque só de ver as fotos fui induzido ao relaxamento!
    Namaste

  • by

    Cristina

    Posted 29 de novembro de 2014 13:51

    Ola!
    Gostei muito do artigo!
    É resumido, porém essencial,leve,científico, um caminho,lucidez.
    Sentimos o medo de relaxar, a culpa em relaxar, o não prazer…
    Sentimos culpa por não sermos perfeitos e assim nos autoflagelamos, nos *engaiolando* em si mesmos.
    Usamos o controle como rédea por não confiar, a sensação de falta de amparo…
    Usamos o controle como rédea do sentimento de onipotencia, *eu posso tudo*…..
    O dia a dia é uma construção, como uma parede de blocos, como uma *bolacha cremeada*, interligados por vínculos reais. Sem automatismos ou distorções.
    Não é fácil!
    Obrigada.
    Cristina.

  • by Ligia Harazim Posted 7 de junho de 2011 22:24

    O trabalho realizado pelo Mauricio propicia as melhores sensações: estar consigo mesmo num espaço de relaxamento, com o apoio de um excelente terapeuta é um privilégio para poucos. Felizmente me dei esta oportunidade.
    Recomendo.

Add Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Phone: (11) 4702-4838